Doenças Infantis

Conjuntivite

Ser Pai é... Conjuntivite

Olhos inchados, necessidade de coçar, vermelhos e lacrimejam sem parar… Este é um quadro bem conhecido por todos ps pais. Conjuntivite, que é não mais do que a inflamação da conjuntiva, uma membrana mucosa presente nos olhos dos vertebrados que reveste a parte interna da pálpebra e a superfície exposta da córnea.

A Conjuntivite é mais comum na primavera e em épocas de mudanças bruscas de temperatura. A Conjuntivite é autolimitada. Ou seja, o corpo dá conta sozinho do problema em cerca de duas semanas.

No caso de crianças pequenas, o ideal é procurar o médico para descobrir o tipo de conjuntivite e acompanhar o caso depois com o oftalmologista.

Conjuntivite infecciosa

A Conjuntivite pode ser viral ou bacteriana. A Viral, e mais comum, é transmitida especialmente pelo adenovírus, que se espalha facilmente pelo contacto entre as crianças e pode inclusivé causar sintomas de constipação.

A criança pode inclusivé ficar febril e engripado e não há um remédio específico contra o vírus, os oftalmologistas apenas acompanham a evolução da infecção e, se for necessário, dão medicamentos para combater sintomas como a inflamação.

Conjuntivite bacteriana

É geralmente causada pelos pneumococos, o mesmo grupo de bactérias por trás da pneumonia, é menos contagiosa, mas pode ser mais perigosa.

As duas têm sintomas parecidos, mas a secreção da conjuntivite bacteriana é mais amarelada, purulenta, enquanto a viral tem uma secreção um pouco mais esbranquiçada. Há também uma diferença no tempo de duração do incômodo. A bacteriana costuma melhorar em cerca de 5 dias com o uso de antibióticos, já a viral pode deixar os olhos vermelhos até cerca de 21 dias e ser transmissível até ao 12º dia da doença.

Outras Causas

A conjuntivite também pode ser alérgica, desencadeada por poeiras e pólens ou mesmo atópica, quando não existe uma causa estabelecida. Crianças com alergias respiratórias têm tendência a ter mais episódios de Conjuntiite

Existem também conjuntivites químicas, que são provocadas pelo contacto de algum produto com os olhos. Normalmente a vermelhidão e a secreção passa em poucos dias.

Como evitar?

É dificil prevenir a Conjuntivite, pode-se reduzir o risco ao tomar medidas básicas de higiene, especialmente em zonas com muita gente, como casa de banho públicas e escolas. Há que ensinar os seus filhos desde pequenos a não colocarem as mãos nos olhos directamente. Para prevenir as conjuntivites alérgicas, procure possíveis agentes causadores e, por via das dúvidas, limpe bem o ambiente onde os seus filhos passas mais tempo. Poderá limpar as superfícies com álcool.

O que fazer se os seus filhos “apanharem” Conjuntivite ?

Se a conjuntivite for infecciosa, deve-se tomar cuidado com a transmissão, especialmente a da viral, que é mais contagiosa. Por isso, a primeira recomendação é não levar os seus filhos à escola e a outras actividades de grupo. Em casa também deverá tomar medidas para não contrair a doença, o que acontece com frequência, e separar roupas de cama, toalhas, travesseiros e lavar bem as mãos depois de estar em contacto com a criança infectada.

Para aliviar o incómodo das crianças, limpe os olhos frequentemente com soro fisiológico — se não tiver use água pré-fervida e arrefecida — e faça compressas com o líquido

Em todos os casos de Conjuntivite o seu Médico / Pediatra deverá ser sempre consultado.

Comments

comments