Toalhitas

Ser Pai é… ter sempre Toalhitas

Toalhitas

Ser Pai é…

ter sempre Toalhitas à Mão

E não é para menos. As Toalhitas cá em casa parece que duram pouco tempo. Mas dão jeito para tudo. Muda-se uma fralda de xixi e uma apenas para referescar. Um Cócó depende, gasta-se de uma a uma dúzia (embora uma dúzia seja raro) consoante a consistência do mesmo. Por vezes abrimos a fralda e ao vermos a potência do dito cócó. Pensamos…. hummmm três ou quatro Toalhitas devem chegar. Mas afinal oito fazem o serviço de limpeza à rasquinha! Atenção que a maioria das vezes o mais pequeno cá de casa (treze meses) após a limpeza básica com Toalhitas, vai ainda até a um banho rápido das devidas partes no lavatório. Assim como quem lava as mãos quando se vai à casa de banho (os que lavam claro).

Nas Refeições

Depois as Toalhitas servem para as refeições, para limpar as mãos que se encharcam em comida, o tabuleiro, a cadeirinha de comer, ou para apanhar rapidamente aquela gota de sopa que foi acidentalmente para o chão. Servem também para limpar a cara do Alimentador após uma comida projectada quando o que se pretendia transmitir era: NÃO QUERO MAIS! mas claro que nunca percebemos à primeira, então quase todos os Pais  (e Mães) passámos por isso.

No Carro

Toalhitas para o Carro, são muito úteis para quando se vem do café onde o ilustre utilizador das Toalhitas comeu um bolo, um iogurte, agora no Verão, um Gelado ou mesmo para quando se regressa do parque para desinfectar as mãos que se enfiaram naquela mistura de areia e terra que vão encontrando nos locais por onde passam! Claro que por vezes dá vontade de lhes abrir a boca e esfregar também a língua, etc pois muitas são as vezes que lambem uma pedra, um carrinho de supermercado, ou comer um bom naco de terra que naquele momento parece um pitéu muito melhor do que aquilo que os Pais dão às refeições!

Claro que há muitas mais utilidades não de Puericultura para as Toalhitas, mas isso fica para um outro post aqui no Ser Pai é…

Andar Cansado

Ser pai é… Andar Cansado

Andar Cansado

Ser Pai é…
Andar Cansado!

Aconteceu-me um destes dias ao chegar a casa depois de 2 horas no Carro para ir buscar os meus filhos às respectivas escolas. Depois de enfrentar o muito trânsito Lisboeta que agradeço desde já ao Presidente da Câmara de Lisboa: Saio do carro na garagem, o meu filho mais novo ao colo,e o mais velho pelo chão, Continue reading “Ser pai é… Andar Cansado”

Andar de carro com segurança!

ser-pai-e-bebe-dormir-carroO nosso filho mais velho já tem 4 anos e recebi no email o normal mail da Dodot que vai acompanhando com dicas (umas úteis outras nim) o crescimento dele, desta vez e sobre a segurança ao andar de carro. Adaptei o texto ligeiramente, espero que gostem! Como curiosidade, fica a informação que a contrapartia de me enviarem este mail e me terem na base de dados deles, foi a oferta de uma caixinha para toalhetes da Kandoo que nunca utilizamos por não utilizarmos toalhetes dessa marca e naquele formato tão “único” enfim… sou um vendido!
Viajar de carro é tão divertido! Mas é mais ainda quando toda a família, e sobretudo os nossos filhos, viajam em segurança e com tranquilidade.
Lembrem-se de que, embora os nossos filhos já não sejam bebés, precisam que todos nós respeitemos da mesma forma as normas de segurança.
Nas deslocações de automóvel, devem-se utilizar cadeirinhas especiais, adaptadas à idade, peso e anatomia, e nunca permitir que as crianças vão no assento da frente ou sentadas nos joelhos de um adulto, por ser extremamente perigoso.
Como pais devemos respeitar escrupulosamente as normas de condução, aplicar o regulamento de forma rigorosa e ter especial cuidado com os limites de velocidade, devido ao risco que representa para nós e para os nossos filhos. Por outro lado, é necessário que os nossos filhos, desde muito novos, adquiram este respeito pelas normas ao verem e viverem o nosso exemplo, aprendam o significado das luzes dos semáforos, proibições, sinais de perigo, etc.
Os acidentes de viação são responsáveis por uma mortalidade elevada. É necessário que sejamos rigorosos cumpridores das normas de segurança rodoviária e que possamos incutir aos nossos filhos, desde muito cedo, o respeito pelo código da estrada. De qualquer modo, os nossos filhos devem viajar de automóvel, dependendo da sua idade e peso, em cadeirinhas especialmente concebidas para a sua própria segurança. Segundo a Direcção Geral de Viação, as crianças com um peso de 15 kg a 25 kg devem viajar em bancos elevatórios com encosto ou em cadeiras compatíveis com o cinto de segurança do automóvel.

Ter de parar em TODOS os semáforos Vermelhos!

Aconteceu-me esta semana, o meu filho mais velho (4 Anos) ia de manhã comigo no carro para a escola e numa Avenida de Lisboa com bastantes semáforos, acontece o que não devia acontecer… Passo um sinal chamado Verde-Tinto! É daquelas situações em que ninuém pára o laranja está lá mas quando passamos o Vermelho já lá está!
O meu filho disse-me de imediato que o Vermelho é para parar, eu respondi-lhe que estava laranja e ele disse que não estva, que estava Vermelho! 50 metros depois parei num outro semáforo que estava Vermelho e disse para trás de imediato… vês: está Vermelho e o Pai parou!
Moral da História: Diz um amigo meu que cada vez guio mais devagar e que não me reconhece o estilo de condução mas que acha bem! E agora tenho de começar a cumprir a 100% com todas as partes do código que o meu filho conhece, e daqui a uns 3 anos são os dois a fazer reparos… enfim… tamém é isto Ser Pai!