Ler um Livro, ver Televisão… coisas do Passado

Ler um livroLer um Livro, ver Televisão… são hoje em dia, coisas do Passado. A minha rotina da tarde passa por chegar ao Berçário onde está o meu filho ,mais novo cerca das 16 horas e 30 minutos. Depois seguem-se 20 minutos de carro se o trânsito da cidade de Lisboa estiver bom até à escola do mais velho. Quando chegamos, no inverno, rezo para que não chova pois se assim for a aventura torna proporções épicas. tentem imaginar:mais novo ao colo todo equipado,mais velho pela mão igualmente equipado, o mais novo tenta sempre ser ele a agarra e orientar o chapéu de chuva e eu enquanto luto contra isso usando um dos lados do cérebro, com o outro,controlo o mais velho para que o chapéu ainda o cubra um pouco enquanto atravesamos a rua para chegar ao carro que apesar de estar perto, parece estar estacionado nos confins de uma rua estranha obscura e longa Continue reading “Ler um Livro, ver Televisão… coisas do Passado”

Festival Panda 2016

Festival Panda 2016

Dia 2 de Julho – Estádio Nacional

Festival Panda 2016Fui ontem com o meu Filho mais velho (que faz amanhã cinco anos) ao Festival Panda 2016 que teve lugar no Estádio Nacional.

Antes de mais recordo-me quando há alguns (se calhar largos) anos atrás, os bilhetes dos festivais eram como se uma recordação se tratasse. Agora os CTT vendem bilhetes que foram impressos os 2 numa folha A4 a PRETO E BRANCO, Obrigado CTT e obrigado à Lemon Iberia Lda. (que a empresa organizadora chama-se Lemon) são eles que vendem bilhetes Criança – 20€ e adulto – 20€. Um pouco demais tendo em conta o dinheiro que cada pai dá anualmente em Revistas bonecos, DVDs, etc para os nossos filhos. Continue reading “Festival Panda 2016”

Ser pai é… ter refeições animadas




Pela imagem acima já devem ter percebido que falamos de desenhos animados às refeições.
O nosso filho está agora com 3  Anos e meio e não é lá grande coisa a comer, mas como gosta de dizer o Pediatra dele, “é muito gourmet” pois não recusa uma azeitona, um queijinho de Azeitão ou Nisa ou um pouco de massa mais condimentada (Caril) retirada do nosso prato… Se bem que já vai comendo as suas refeições sólidas com algum ritmo como seria de esperar com esta idade, no entanto sempre demoradas!
Mas o que realmente facilita as refeições é o Youtube que ligamos no computador e o nosso filho vê desenhos animados do Bombeiro Sam, do Ruca, Little Einsteins, Bob o Construtor, etc. enquanto come.
Conselhos aos pais: Procurem os desenhos animados de maior duração pois o nosso filho quando chega aos genéricos pára de comer! Procurem Playlists com vários desenhos animados! O Ruca tem uma história de Natal que dura mais de 40 minutos sem genéricos (lá em casa já sabemos aquilo tudo de trás para a frente) e os Little einsteins duram cerca de 20 minutos!
De férias, onde estivémos não havia Internet, pelo que optei por mostrar os desenhos animados no Smartphone, moral da história, tive de comprar um pacote adicional de dados só para o nosso filho ver os desenhos animados às refeições e acreditem que valeu a pena. Quando o nosso filho foi connosco a Braga, uma amiga nossa viu a diferença dele a comer com e sem desenhos animados! Foi ela que sugeriu que escrevessemos este Post. Aqui fica e procurem os desenhos animados com que eles comam melhor!

Artigo adaptado de um artigo que eu previamente tinha colocado no Blog “Crónica dos Pais Malandros”